• Comunicação CRMV-RN
  • 12/08/2019

Senar lança estante virtual com cartilhas para treinamentos e melhoria da produção agropecuária

Ao todo, há 150 documentos disponíveis, categorizados a partir das cadeias produtivas. Material é gratuito.

O Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar) lançou a Estante Virtual da Coleção de Cartilhas para compartilhar o material didático utilizado nos treinamentos de produtores e trabalhadores rurais para a melhoria da produção agropecuária brasileira. O material, que é gratuito, pode ser baixado aqui.

Estão disponíveis 150 cartilhas categorizadas a partir das cadeias produtivas: agroindústria, apicultura, aquicultura, avicultura, bovinocultura, cafeicultura, produção vegetal, equideocultura, fruticultura, gestão e empreendedorismo; grãos, fibras e oleaginosas, horticultura, ovinocaprinocultura, piscicultura e silvicultura.

No espaço, também é possível visualizar cartilhas sobre sistemas integrados de produção, construções rurais, saúde e segurança no campo.

A coordenadora de produção e distribuição de materiais instrucionais do Senar, Fabíola Bomtempo, explica que a linguagem utilizada no material segue uma sequência lógica priorizando o processo de aprendizagem de acordo com a metodologia desenvolvida pelo Senar.

“As cartilhas são ilustradas com fotografias, que representam os processos e as atividades descritas em todo o conteúdo. Outro recurso bastante interessante utilizado é o QR Code. A partir do celular, o leitor consegue ter acesso a conteúdos adicionais, como vídeos e legislação”, destaca Fabiola.

A coordenadora enfatiza que as cartilhas também destacam a inovação tecnológica para inserção no campo. “Priorizamos novos temas e tecnologias emergentes, como por exemplo, o uso de drones, agricultura de precisão e as formas de irrigação”, pontua.

Ver todos

GLOBO RURAL: Zootecnista desenvolve 'bife' para abelhas enfrentarem seca no RN

Ração barata tem evitado abandono dos insetos em colmeias da região.

Ufersa abre processo seletivo para professores substitutos com vagas para médicos-veterinários

Oportunidades são para trabalho no Centro de Ciências Agrárias, em Mossoró, com salário de até R$ 3.130,85,.

Plenário da Câmara conclui votação de projeto que regulamenta vaquejada

Projeto agora segue para sanção presidencial.

Presidentes do CFMV e da Câmara dos Deputados se reúnem em Brasília

Em pauta, o Projeto de Lei sobre bem-estar animal, que conta com contribuição de médicos-veterinários e zootecnistas